Escolha uma Página
Victor Vasarely Entre a Arte e a Publicidade

Victor Vasarely nasceu na Hungria, estudou medicina e posteriormente arte em Budapeste. Teve grande influência dos Mestres da Bauhaus. Mudou-se para Paris em 1930, onde trabalhou  como designer gráfico em empresas de publicidade. Desenvolveu padrões lineares que criavam efeitos visuais.  É considerado um dos principais artistas da Optical Art. Produziu, além de telas, inúmeras edições de suas obras em serigrafia. Após um período de expressão figurativa, opta por uma arte construtivista e geométrica. Aprofunda-se posteriormente em conhecimentos gráficos. Conseguiu manualmente, efeitos visuais únicos. Efeitos que só seriam possíveis muitos anos depois, com o uso de softers específicos para desenho. Seus trabalhos são geométricos, policromáticos, multidimensionais e abstratos.

Trajetória

Estudou pintura acadêmica na  Podolini-Volkmann Academy. Leu Einstein, Heisenberg, Wiener e Bohr. Teve grande influência desses cientistas. Em seu trabalho, tentava ir além dos limites que a ciência tinha chegado. Acreditava que a arte podia retratar o pensamento científico, tornando-o visualmente compreensível. Essa encruzilhada que sua arte propunha, segundo ele, podia formar uma construção imaginária. Equalizada com a sensibilidade e o conhecimento contemporâneo. Tomou conhecimento da Bauhaus e também da Academia Muhely, que funcionava em Budapeste, com propostas inovadoras e contemporâneas.

Obras de Victor Vasarely

Em 1929, Vasarely foi estudar na Muhely, considerada a Bauhaus da Hungria. A escola desenvolvia conceitos básicos de ensino. Todas as artes, ofícios e arquitetura deviam chegar a uma unidade de propósito baseado nas formas geométricas do cubo, retângulo e círculo. Vasarely foi um aluno brilhante na Muhely. Seu aprendizado na escola foi a base de todo o trabalho que desenvolveu posteriormente.

Paris

Produziu material para publicidade na fase de Budapeste e em 1930 se transfere para Paris. Casa-se com Claire Spinner, uma colega dos tempos da Muhely, com quem teve dois filhos. Continuou trabalhando para agências de publicidade em Paris durante o dia. Pintava a noite e ansiava pelo dia que poderia pintar durante o dia.

Em Paris, encontrou seu lugar, nos cafés ao lado do Danúbio. Local onde os intelectuais de todas as vertentes se reuniam para discutir teorias sociais, ciência, tecnologia, música, política, economia e arte.

Nessa fase, sua arte era mais figurativa, com grande influência de seus trabalhos gráficos. Esses trabalhos já mostravam sinais do que viria depois com o desenvolvimento de sua arte cinética e óptica. Em sua série zebras, figuras são montadas a partir de tiras, sem contornos formais, criando uma sensação de dinamismo usando um elemento simples.

Após a sua primeira exposição de gráficos e desenhos, feita pela Galeria Denise René, no ano de 1944, sucesso de crítica o levou a tomar a decisão mais importante de sua vida, iria se dedicar a partir daí à pintura.

vasarelyopone

Op Art

Influenciado com pintores abstratos como Auguste Herbin, Mondrian e a arquitetura de Le Corbusier, sua pintura se torna cada vez mais abstrata. Seus trabalhos são expostos em Paris no Salão dos Independentes de 1945 e 1946 e também no Salão das Novas Realidades, em 1947. Após nova exposição na Galeria Denise René em 1948, sua pintura começa a ter aceitação mas ainda não estava convencido de ter encontrado seu próprio estilo.

A partir de 1947 começa a desenvolver pinturas abstratas compostas de formas geométricas que evoluiria para o estilo op art que o consolidou como um artista de renome internacional. Desenvolveu posteriormente edições serigráficas de suas obras, tornando-as acessíveis a outras camadas sociais. Conheça um pouco mais da técnica utilizada por Victor Vasarely para a produção de gravuras.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This