Escolha uma Página
Aventuras de Robert Crumb

Depois de terminar o colegial, Robert Crumb ficou deprimido e  passou um ano em casa. Passou a maior parte do tempo desenhando e falando sem parar sobre o sentido da vida com Charles. Charles nunca o deixou sair. Finalmente partiu para Cleveland, em 1962, para morar com seu amigo Marty Pahls. Logo encontrou trabalho na American Greetings Corporation como separador de cor. Foi promovido, mudou de departamento um ano depois. Recebeu centenas de cartas nos anos seguintes. Seu trabalho como fotógrafo comercial teria um efeito sobre seu trabalho futuro. “Meu patrão me dizia que meus desenhos eram muito grotescos. Fui treinado para desenhar pequenos personagens neutros e bonitos que influenciaram toda a minha técnica. Hoje o meu trabalho é essa fofura toda”.

Obras Completas de Robert CrumbVirgindade

Em 1964, Robert Crumb perdeu a virgindade com Dana Morgan e casou-se no final do ano. Passaram lua de mel na Europa por seis meses, enquanto Crumb enviava suas ilustrações para a American Greetings.

“Comecei a tomar … (vishi…isso não!) em Cleveland, em junho de 1965. Isso mudou minha cabeça. Me fez parar de tomar tão a sério o cartum, me mostrou um outro lado de mim mesmo.”

Depois de uma separação temporária com Dana, Robert viajou para Nova York, Chicago e Detroit, período encharcado de (êpa! de novo!!!). Criou, inspirado, muitos dos seus futuros personagens: Mr. Natural, Mr. Snoid e Angelfood McSpade.

Mudança

Em Janeiro de 1967, Robert Crumb de repente deixou Cleveland. “Eu escapei para San Francisco quando encontrei dois caras em um bar que disseram que estavam dirigindo para o oeste. “Dana o seguiu até lá e ele se estabeleceu em Haight-Ashbury.  Crumb desenhou “Zap # 1” e “Zap # 0”, no outono de 1967. Esses quadrinhos eram vendidos na rua. 1968 marca o nascimento de quadrinhos underground de Crumb.

Eat It Livro de Receitas de Robert CrumbRobert continuou a desenhar e viajar por todo o resto da década. “Eu estava em todos os lugares em 69. Não ficava muito tempo em casa. Perseguia as mulheres em todos os lugares. Vivi por um tempo em um hotel na Mission Street. É aí que ‘Big Ass’ e ‘Snatch 3’ foram feitos. Eu estava tão confuso. Um par de meses eu fiquei com Gilbert Shelton e uma gangue de texanos em Venice, na Califórnia. Depois fui para Detroit, Chicago, Nova York. Incrível como consegui produzir tanto em um tempo tão caótico.”

Ballantine Books

Em 1969, Crumb recebeu um adiantamento de US$ 10.000 da Ballantine Books para o livro “Fritz the Cat”. Ele comprou um terreno em Potter Valley, ao norte de São Francisco. Em 1970, Crumb pulou a cerca novamente com Kathy Goodell, que morava em  São Francisco. No mesmo ano, a esposa de Crumb deu permissão para Ralph Bakshi usar Fritz the Cat em um filme. Crumb, totalmente avesso ao projeto encerrou a vida do personagem.

Exceto para uma viagem ocasional a Paris ou a América, Crumb aninhou-se no sul da França. Está trabalhando duro em um projeto de longo prazo para ilustração do livro do Gênesis. Ele tem uma coleção de quase cinco mil discos de vinil (LPs). Sua filha Sophie vive a 45 minutos da casa dos pais. Aline está cuidando de seus interesses nos quadrinhos, pintura e escultura.

 

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This