Escolha uma Página

Expressando a Natureza Criativa

A natureza do ser humano é criativa, trabalhamos para exercer nossos talentos e capacidades, contribuindo para a vida com nossa energia. Ao expressarmos nossa natureza criativa, geramos mais entusiasmo e melhores resultados, estimulando o contentamento à nossa volta.

Natureza interior livre pode significar amor, alegria e paz de espírito. Perceber essas qualidades em nós mesmos significa estarmos abertos ao manancial criativo existente no universo.

A natureza criativa e o prana

Preparando-se Mentalmente Antes da Produção Artística

Antes de iniciar qualquer trabalho artístico, dê uma parada de alguns minutos, sente-se confortavelmente em um canto aconchegante. Respire fundo e mentalize sua obra de arte. Veja o trabalho pronto, com a estrutura e as cores perfeitas. Fique aguardando até que ele apareça em sua tela mental.

Não raciocine sobre o trabalho nesse momento, apenas imagine. Deixe as imagens chegarem, não reprima. Com percepção e recepção aos pensamentos mais profundos, a criatividade do universo poderá se manifestar, nos mostrando soluções não pensadas.

Sinta alegria por executar sua obra de arte livre. Não permita pensamentos destoantes, ansiedade e dúvida. Esses sentimentos nos desviam de nossos recursos interiores e nos fazer olhar para fora de nós, em busca de preenchimento.

A natureza criativa e o cosmos

O Turbilhão Externo

Capturados pelos eventos excitantes que ocorrem à nossa volta, direcionamos nossa energia para fora de nosso ser, acreditando que esses eventos irão nos trazer satisfação. Ao direcionarmos nossa energia para fora, perdemos inúmeras mensagens internas que vêm dos sentidos, pensamentos e percepções. Nossa atenção perde em profundidade e clareza, nossas experiências se tornam superficiais ao nos separarmos de nossa natureza livre e criadora.

Ao procurarmos a satisfação externamente, criamos um padrão e passamos a girar em círculos, em busca de realização. O mundo se movimenta muito rapidamente e nos pressiona a acompanhar, envolvidos com as demandas que a sociedade coloca sobre nossas vidas. Superficialmente, parecemos livres, internamente sofremos as tensões impostas por esse ritmo superficial.

Quando permitimos que padrões conduzam as nossas vidas, corremos o risco de nos tornarmos estranhos a nós mesmos.

A natureza criativa e os elementos

Retomando a Natureza Criativa

O que fazer para retomar a natureza criativa interior? A consciência de nossa natureza criativa pode nos libertar e nos fazer crescer. Inicie o autoconhecimento através da observação da atividade da mente e do corpo.

A observação interior pode ser praticada em qualquer lugar e a qualquer momento. Para isso, esteja consciente de cada pensamento e sentimentos que o acompanham. Fique alerta à maneira como suas ações afetam seus pensamentos, corpo e sentidos. Abra o canal de comunicação entre a sua mente e o seu corpo, ganhando maior consciência do que você é. Seu corpo e mente podem se apoiar mutuamente, imprimindo qualidade e força criadora a todos os seus esforços. Esse é um processo vivo e dinâmico de aprendizagem, realçando tudo o que você faz.

O turbilhão criativo

Observando seu interior, verá todas as coisas que estão guardadas e verá quanto sua verdadeira natureza e sentimentos foram aprisionados. Desbloqueie esses sentimentos, liberando a energia retida.

Seja calmo e honesto com você, aceite sua maneira de ser. Aprenda novas maneiras de olhar para você mesmo. Direcione sua energia através da concentração descontraída. Mantenha a atenção e o foco sem rigidez. Ria, seja leve e agradável. Isso irá aumentar sua capacidade de se concentrar.

Com uma melhor concentração, sua presença mental se fortalece. A presença mental combina concentração, clareza e consciência. Os fatos externos não monopolizam mais o pensamento e as ações. Surge uma atenção plena a cada pensamento e sentimento. Cada ação executada é plena de força e sabedoria.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This