Escolha uma Página

Deuses Gregos

Por que colocar Fídias em uma galeria de ilustradores, pintores e designers? O foco de nosso portal não são os clássicos mas como omitir Fídias? Boas perguntas. O termo designer não existia na época e esse curinga notável cuja fama chegou até nós. Extraía o belo de formas brutas, nos deixando perplexos com o pouco que restou de sua obra. É difícil imaginar o renascimento sem a obra dos escultores gregos, assim como o que veio depois do período clássico até os dias de hoje. Fídias é considerado o maior escultor grego (490 a.C.-430 a.C.) do período clássico. Foi também arquiteto e pintor. A maior parte de suas obras se perdeu. Suas esculturas tinham como característica a majestade das figuras, a graça e a elegância das roupagens, a leveza e a impressão de movimento.

Fídias Escultor GregoParthenon

Criador do Parthenon e das estátuas dos deuses gregos. Há poucas informações sobre sua vida e não se sabe o local de seu nascimento. Esculpiu a estátua de Zeus (447 a. C.), figura central do Templo de Olímpia. A estátua foi feita em marfim e ébano, com cerca de 18 metros de altura. Foi destruída por um incêndio e é considerada uma das sete maravilhas do mundo antigo. Entre as Sete Maravilhas do Mundo estão as Pirâmides do Egito (2575/2465 a.C), os Jardins Suspensos da Babilônia (séculos VIII/VI a.C), a Estátua de Zeus, em Olímpia (430 a.C). O Templo de Artemis em Éfeso (séculos VII/IV a.C), o Mausoléu de Halicarnasso (353/351 a.C), o Colosso de Rodes (292/280 a.C) e o Farol de Alexandria (280 a.C). Todos esses monumentos se foram, exceto as pirâmides.

Fídias e Péricles

Escultura de FídiasEntre seus primeiros trabalhos está uma estátua de bronze para celebrar a vitória dos gregos sobre os persas na Batalha de Maratona. Por volta de 456 a.C., a obra é levada para a Acrópole de Atenas. Com a segunda invasão persa a cidade é saqueada, tendo casas e templos destruídos.
Foi nomeado por Péricles para desenhar e supervisionar a construção do Parthenon e do templo da deusa Atena, na Acrópole. Durante a reconstrução da cidade de Atenas, depois da invasão persa. Suas esculturas da Deusa Atena são conhecidas apenas por descrições de autores antigos, como a Atena feita de ouro e marfim. Era acompanhada por 92 esculturas em relevo, usadas como friso ao longo dos muros da Acrópole. É acusado de heresia por colocar seu retrato e o de Péricles nas portas do templo da cidade.

Sabe-sEscultura de Fídiase que a Atena Pártenos, de ouro e marfim, media cerca de 12m de altura. Tinha um  imponente capacete e túnica simples, a deusa se erguia majestosa, com uma lança na mão esquerda e a figura de uma vitória alada na mão direita. No Parthenon, considerado por unanimidade o mais perfeito modelo de templo grego, embaixo do pórtico ficavam as grandes esculturas feitas sob sua direção. Dentro do templo ficava a estátua de culto, a grande imagem em ouro e marfim de Atena, por ele esculpida, cheia de incrustrações de ouro e pedras preciosas. Também foi contratado para levantar as muralhas que ligavam a Cidade de Atenas ao Porto do Pireu.

Relatos do Fim de Fídias

Acusado de ter se apropriado de parte do ouro destinado à confecção da Atena Pártenos, foi preso e, segundo alguns, morreu na prisão. Em outras versões, o escultor conseguiu escapar e morreu em Olímpia. O Parthenon –  ainda de pé nos dias de hoje –  situa-se na parte mais elevada da Acrópole. Tem 60 metros de largura, 76 metros de comprimento e 22 metros de altura. Cercado por 46 colunas de 11 metros de altura feitas segundo a ordem dórica. Dedicado a Atena, deusa padroeira da cidade, o Parthenon, com a maior parte de suas estruturas em ruínas. Foi conservado inteiro por cerca de dois milênios, até que sua porta central foi destruída por uma explosão. Isso aconteceu em 1687, durante a guerra entre venezianos e turcos.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This