Escolha uma Página
Capas de Discos de Rock 70

Hipgnosis foi um grupo britânico de design gráfico artístico. Especializado em criar arte de capa para álbuns de músicos e bandas de rock 70. Produziu capas para o Pink Floyd, Wishbone Ash, UFO, 10cc, Bad Company, Led Zeppelin, Yes, The Alan Parsons Project, Genesis entre muitos outros. A Hipgnosis era formada por Storm Thorgerson, Aubrey Powell, e, mais tarde, Peter Christopherson. O grupo se desfez em 1983.Capa de Disco de Rock da Hipgnosis Pink Floyd

Storm Thorgerson, nasceu em Potters Bar Middx, em 1944. Foi educado em  Summerhill Free School e, em seguida, Brunswick – Cambridge. Cursou o ensino secundário em Cambs. High School para meninos e Hons BA em Inglês e Filosofia na Universidade de Leicester (63-66). Finalmente, mestrado em cinema e TV no Royal College of Art, Londres (66-69).

Syd Barrett

Em 1967 Aubrey Powell e Storm Thorgerson foram abordados por seus amigos do Pink Floyd. Encomendaram o desenho  da capa para o segundo álbum do grupo, A Saucerful of Secrets. Isto trouxe uma enxurrada de trabalho de outras bandas, incluindo Free, The Pretty Things, T. Rex e Aynsley Dunbar.

O nome da empresa nasceu de um encontro casual com um batente de porta. Aubrey Powell e Storm Thorgerson estavam procurando um nome para seu estúdio incipiente. No momento em que compartilharam um apartamento em South Capa de Disco de Rock da Hipgnosis RushKensington, em Londres, com Syd Barrett (Pink Floyd). Por acaso Syd tinha rabiscado em caneta esferográfica a palavra Hipgnosis na porta. Quando perguntado sobre isso, Syd timidamente negou que tivesse escrito a palavra. Syd era um gênio esperto e só ele poderia ter feito uma sigla tão brilhante. “Temos que agradecê-lo por ligar “hip” (pertencente a uma subcultura legal) com “gnóstica” (conhecimento esotérico de questões espirituais). Finalizando, o substantivo “hipnose” (um estado de transe induzido artificialmente por sugestão)” –  Storm Thorgerson.

Capas Icônicas

Ao longo dos 15 anos seguintes o studio ganhou destaque internacional. Seu design famoso de 1973, foi a capa para The Dark Side Of The Moon do Pink Floyd. Esse trabalho abriu o caminho para outras bandas de rock importantes, colocarem também o pé no mundo do design fotográfico surreal de Storm Thorgerson e Aubrey Powell. Resultando em muitas obras de arte para o Led Zeppelin, Paul McCartney, Genesis, Black Sabbath, Peter Gabriel, The Alan Parsons Project, 10cc, Bad Company e Yes.Capa de Rock Hipgnosis AC/DC

Peter Christopherson ingressou como assistente em 1974. Tal era a sua contribuição que ele se tornou um parceiro de pleno direito em 1978. O studio empregou muitos assistentes e artistas ao longo dos anos, incluindo George Hardie, Neville Brody, Richard Evans, Bush Hollyhead , Geoff Halpin e Humphrey Ocean.

No início dos anos 80 a popularidade dos álbuns caros e complicados estava decaindo. O Punk tinha chegado e uma transição estava em andamento. Hipgnosis começou a criar e fotografar para o mundo da publicidade. Com o aumento da frustração e dificuldade depois de uma década e meia a  projetar imagens de arte com liberdade de criação, eles decidiram tentar outra via.

Green Back Films

Em 1983, Storm, juntamente com Aubrey Powell e Peter Christopherson, formaram a Green Back Films. Embarcaram na produção de inúmeros vídeos de rock. Produziram material para Paul Young, Yes, Nik Kershaw, Robert Plant, The interferon, Nona Hendryx, Big Country. De muitas outras formas para Barry Gibb (Voyager), Yumi Matsutoya (Train of Thought) Canal Q, uma compilação de heavy metal para a Polygram Records. A Green Back Films e seus parceiros encerraram as atividades em 1985.

Capa Rock Hipgnosis More Pink FloydStorm seguiu carreira solo e continuou a fazer vídeos (Learning To Fly  para o  Pink Floyd. Ganhou o prêmio de melhor diretor pela revista Billboard), e alguns comerciais. Ele continuou projetar as capas de álbuns do Pink Floyd, Catherine Wheel, Alan Parsons, Anthrax, e outros. Fez também documentários, como o “Art Of Tripping” para o canal 4, em 1993. Esses trabalhos exploravam as conexões entre drogas e artistas.

Curtas

Em 1994 Storm dirigiu seis curtas-metragens para o Pink Floyd, que foram apresentados em shows durante sua turnê mundial. Também um documentário científico de uma hora de duração sobre o Hubble para Equinox chamado “The Hubble Universe”. Em 1997, ele compilou um livro de suas imagens para o Pink Floyd chamado “Mind Over Matter”, publicado pela Sanctuary Books. Em 97/98, escreveu e dirigiu um documentário de uma hora de duração para o Discovery Channel sobre a (não) existência de Aliens chamado Are We Alone?.

Storm continuou a projetar capas de álbuns (Phish, Ian Dury , Cranberries, Pink Floyd , Catherine Wheel, Alan Parsons, Ween, etc). Executou desenhos gráficos variados para DVDs, sites, programas, T-shirts e dirigiu filmes ocasionais. Escreveu e desenhou vários livros, incluindo 100 Best Album Covers (Dorling Kindersley) e Eye of the Storm (Sanctuary Books) até sua morte em 18 de abril de 2013, vítima de câncer.

www.stormthorgerson.com  –  www.aubreypowell.com

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This